terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Uma Valente Anna

Já faz alguns anos em que começamos a desenvolver o nosso blog, para chegar a este patamar. Desenvolvemos algumas coisas, desde o nosso primeiro blog até hoje, tal como rebaptizar o blog, novos métodos de escrita, novas histórias, novas aventuras, Skype, shows, e por aí fora. Tentamos sempre mostrar algo novo, ou algo ainda não vivenciado ou narrado até então. É portanto, sobre algo novo que vou escrever hoje.

Acho que enquanto casal, devemos nos esforçar por ser felizes, estar bem servidos, e não precisar procurar algo que nos faça falta, e quando assim é, apenas as fantasias se podem apoderar de nós. As mulheres são mais afectivas (regra geral) e os homens mais sexuais (regra geral). Mas o que nos fascina no sexo? O que nos dá prazer? É psicológico? Carnal? De onde vem a nossa excitação? Bem, tudo isto é muito subjectivo, tirando o facto de que deve ser feito aquilo que se quiser, mas sempre com o parceiro a par de tudo. Pelo menos, é assim que vemos as coisas.

Posto isto, falar de que? Falar da Anna Valente.

A Anna Valente é uma menina de Vila Real, com quem eu gosto bastante de conversar. Falamos imenso pelo Skype, o que dá uma pontinha de ciume na Ana (ciume positivo), mas que me dá uma imensa excitação desde o momento em que começamos a conversar. Desde as primeiras vezes que trocamos fotos que algo me desperta na Anna Valente, uma sensação de excitação de conseguir vir a estar com ela. Muitas pessoas partem logo para a comparação, até mesmo a Ana, que fica receosa de eu estar de beicinho pela Anna Valente, mas o propósito é outro. A sensação de liberalizar uma ida para passar uma noite louca, e narrar ao segundo tudo o que está a acontecer. E que tremenda tesão isso me dá.

A Ana sabe que estou super curioso em estar com ela, mas já percebe qual o sentido da excitação, o que não foi de todo fácil fazer entender. O prazer deve vir de todos, e deve servir todos, se assim não for nunca será completo.

A Anna Valente é muito elegante, simpática, inclusive amiga quando necessito desabafar com alguém, o que acontece muitas vezes, e também me ensina muitas coisas através das suas histórias e vivências. É mesmo alguém com quem quero vir a privar e sentir como é ao vivo.

Num âmbito mais puro e duro, e seguindo um pensamento mais carnal, a Anna Valente desperta em mim uma tremenda vontade de a comer. Penso várias vezes sobre isso durante o dia, e não vejo a hora de ir experimentar. As provocações dela deixam-me super excitado, as fotos dela são muito hot, e fico a observar vezes sem conta as mesmas, sem nunca me cansar. Parece que consigo sentir o sabor dela através da imagem, tal a criatividade do meu cérebro.

Espero escrever muito mais sobre este assunto, o que seria bom sinal, e havendo novidades vos relatarei aqui.

Espero que neste espaço natalício dê tempo para a ir visitar, conhecer e passar uma noite agradável com ela. Vamos ver se ainda recebo essa "prenda" este ano, o que seria uma óptima maneira de culminar o ano. O convite está feito, espero que ela aceite em breve, pois estou ansioso de lhe dar uma "porrada" tipo "50 sombras de Grey", e faze-la suar um bom bocado.

Se eu me divertir, prometo que narrarei com detalhe como desembrulhei esta deliciosa prenda. Contudo, não posso negar que sou "O Homem Mais Feliz do Mundo" por desembrulhar todos os dias a maior foda que alguma vez conheci, a minha mulher Ana.

Boas Festas para todos.

3 comentários:

  1. Como costumo dizer um dos segredos de um bom relacionamento é a comunicação, e nada melhor é poder falar abertamente com a nossa mais que tudo... Mas sim nem todos os casais conseguem ter a capacidade de aceitar tal pedido... Falo abertamente com a minha mulher e durante o sexo quando um de nós está com pensamentos noutra pessoa conhecida o desconhecida, contamos e fantasiamos sobre isso... o que nos deixa muito excitados, é mesmo muito bom.. Agora tenho que te dizer, claramente não deve haver mais ninguém que conhece a Ana melhor que tu, e sim acho normal que ela esteja nervosa, se essa a Anna é assim tão amiga e BOA!! é natural que apesar de te conhecer melhor que ninguém que haja sempre um pensamento de medo (o desconhecido mete sempre algum medo).. Mas sim se Ana se sente minimamente confortável e sabe bem que nunca passará disso.. Então parabéns acho que chegaram ao expoente máximo da confiança.. Não sei se isso já se reproduziu no sentido oposto, sei que já fizeram show ao vivo mas que a Ana tenha tido a hipótese de provar outro pénis que não o teu isso já não sei.. Mas se aconteceu não vejo a razão por ela desconfiar de ti.. Estarei aqui presente para ler e VER o seguimento dessa bela história.. Grande abraço amigo.. Beijinhos a Ana.. hehe

    ResponderEliminar
  2. Esperemos que daí venham umas belas aventuras ;)
    E que as partilhem, como é obvio.
    Beijinhos e abraço
    Pedro

    ResponderEliminar